11 de maio de 2017

Metamorfose Pessoal


A Ciência define a metamorfose como mudança, o processo em que uma larva cresce e modifica a estrutura de seu corpo até chegar ao estado adulto. Isso soa familiar? 

Para mim sim.

Nós seres humanos somos como as larvas, a diferença é que estamos sempre em uma constante metamorfose, pelo menos, é o que deveria ser. Não acredito que como a larva, ao chegarmos na fase adulta  estamos prontos, devidamente maduros, pelo contrário, é nesse momento que criamos asas para finalmente descobrir quem somos. 

Um dia desses, ouvindo o bom e velho Raul Seixas e sua clássica Metamorfose Ambulante, me dei conta do quanto aquela música trazia muito sobre mim, e talvez, sobre você também, veja só.

"Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante,
do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo."

Muitas vezes, ao fazer dezoito anos acreditamos ser donos do universo, detentores de todo conhecimento e experiências necessárias e muitas vezes querendo ditar regras e se limitando a certas coisas por conta da idade.

O que de certa forma me assusta, já que não acredito ter vivido metade do que preciso para saber ensinar. 

Estou em uma fase da minha vida que percebo claramente as mudanças de um tempo para cá e não me refiro somente ao fato de agir com mais maturidade diante de determinados assuntos mas também por ter mais precaução e até mesmo cuidado antes de dizer "Nunca, jamais" afinal, havia uma época em que eu batia o pé para determinados estilos de música, gêneros de livros e até roupas que jurei jamais ouvir, ler ou vestir respectivamente, e hoje sinto o quanto isso me limitou e de certa forma impediu de provar algo diferente para que no futuro tivesse a oportunidade de compartilhar uma lembrança, boa ou ruim, mas ainda sim algo para traçar minha própria história. E tudo porque eu simplesmente, como diz Raul, não abandonava aquela velha opinião formada sobre tudo.

Esse ano completo dezoito anos, e agradeço desde já por me permitir pensar assim. O segredo é libertar-se e não permitir que rótulos e estereótipos definam quem você é, afinal, só você pode fazer isso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ei obrigada por comentar, saiba que isso me deixa muito feliz.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...